Photobucket
"Sou um coração batendo no mundo"
Photobucket

Pombinha da Paz

"Por um mundo melhor"
Photobucket
"
Pombinha da Paz"
Se você quiser ajuda-la a dar volta ao mundo leve-a para seu blog também!
Você é oPhotobucket do Meu Cantinho no Japão...
Selinho de Participante....

Selinho de Participante...

♥ Corações ♥ do Meu Cantinho no Japão

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Conversar com o Vento....

 photo 49_zps937a2553.gif
"A melhor coisa hoje é sair e
conversar com o vento,
pelo menos tem a brisa suave
que ameniza tudo que
é tortuoso preso no coração."
(Almir Flora)

Amigos...Convido a todos a conhecer o Meu Cantinho no Japão no facebook...

sábado, 19 de janeiro de 2013

Nada Permanece o Mesmo

 photo e7068aabfc9c.gif
Nada Permanece o Mesmo 
As estações mudam.
Às vezes é inverno, às vezes é verão.
Se você permanecer sempre no mesmo clima, você se sentirá estagnado.

Você precisa aprender a gostar daquilo que está acontecendo.
Chamo a isso de maturidade.
Você precisa gostar daquilo que já está presente.
A imaturidade é ficar vivendo nos "poderias" e nos "deverias" e nunca vivendo naquilo que "é" - aquilo que "é" é o caso, e o "deveria" é apenas um sonho.

Tudo o que for o caso, é bom.
Ame isso, goste disso e relaxe nisso.
Quando algumas vezes vier a intensidade, ame-a.
Quando ela for embora, despeça-se dela.
As coisas mudam... A vida é um fluxo.
Nada permanece o mesmo; às vezes há grandes espaços e às vezes não há para onde se mover.
Mas as duas coisas são boas, ambas são dádivas da existência.
Você deveria ser grato, reconhecido por tudo o que acontece.
Desfrute o que for. É isso que está acontecendo agora.
Amanhã poderá mudar, então desfrute aquilo.
Depois de amanhã algo mais poderá acontecer. Desfrute-o.
Não compare o passado com as fúteis fantasias futuras.
Viva o momento.
Às vezes é quente, às vezes é muito frio, mas ambos são necessários; de outro modo, a vida desapareceria. Ela existe nas polaridades.

Osho

sábado, 12 de janeiro de 2013

Todo casal deveria ler - Vídeo" Um Amor para Recordar"


Photobucket
Aos que não casaram,
Aos que vão casar,
Aos que acabaram de casar,
Aos que pensam em se separar,
Aos que acabaram de se separar.
Aos que pensam em voltar...

Não existem vários tipos de amor, assim como não existem três tipos de saudades, quatro de ódio, seis espécies de inveja.
O Amor é único,
como qualquer sentimento, seja ele destinado a familiares, ao cônjuge ou a Deus.

A diferença é que, como entre marido e mulher não há laços de sangue,
a sedução
tem que ser ininterrupta...

Por não haver nenhuma garantia de durabilidade, qualquer alteração no tom de voz nos fragiliza, e de cobrança em cobrança, acabamos por sepultar uma relação que poderia
ser eterna

Casaram. Te amo pra lá, te amo pra cá. Lindo, mas insustentável. O sucesso de um casamento exige mais do que declarações românticas.
Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto, tem que haver muito mais do que amor, e às vezes, nem necessita de um amor tão intenso. É preciso que haja, antes de mais nada,
respeito.
Agressões zero.

Disposição para ouvir argumentos alheios. Alguma paciência... Amor só, não basta. Não pode haver competição. Nem comparações. Tem que ter jogo de cintura, para acatar regras que não foram previamente combinadas. Tem que haver
bom humor
para enfrentar imprevistos, acessos de carência, infantilidades.
Tem que saber levar.

Amar só é pouco.
Tem que haver inteligência. Um cérebro programado para enfrentar tensões pré-menstruais, rejeições, demissões inesperadas, contas para pagar.
Tem que ter disciplina para educar filhos, dar exemplo, não gritar.
Tem que ter um bom psiquiatra. Não adianta, apenas, amar.

Entre casais que se unem , visando à longevidade do matrimônio, tem que haver um pouco de silêncio, amigos de infância, vida própria, um tempo pra cada um.
Tem que haver confiança. Certa camaradagem, às vezes fingir que não viu, fazer de conta que não escutou. É preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão.
E que amar "solamente", não basta.

Entre homens e mulheres que acham que
O amor é só poesia,
tem que haver discernimento, pé no chão, racionalidade. Tem que saber que o amor pode ser bom pode durar para sempre, mas que sozinho não dá conta do recado.

O amor é grande, mas não são dois.
Tem que saber se aquele amor faz bem ou não, se não fizer bem, não é amor. É preciso convocar uma turma de sentimentos para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência.
O amor até pode nos bastar, mas ele próprio não se basta.

Um bom Amor aos que já têm!
Um bom encontro aos que procuram!
E felicidades a todos nós!
(Artur da Távola)
Compartilho com vocês essa linda e mágica  história de Amor.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

O Que é Felicidade?

Felicidade...
É acordar e ver o sol, sorrir com o arco-íris 
Photobucket
Desenhar na areia um sorriso em forma de caracol. 
Felicidade... É abraçar um amigo, acariciar uma flor 
Photobucket
É tomar banho de chuva em dia de muito calor. 
Photobucket
Ah!Felicidade... É dançar fora de hora, é cantar, desafinado que seja...
É ganhar um chocolate de alguém que nos adora.

Felicidade... é acreditar sempre na vitória 
Folhear álbuns antigos, e se emocionar com cada foto da nossa própria história. 

Ah! Felicidade... é reconhecer que a vida é o mais valioso presente, 
laços de todas as cores a envolver a vida da gente. 

Photobucket
E cada dia é um milagre, cada manhã uma nova semente ...
Photobucket
E o que vale a pena mesmo é amar a vida...
Simplesmente! 
(Sirlei L. Passolongo)

Amigos...
Felicidade foi ganhar esse mimo da  Amiga Joana Neves  do My Lovely Blog ...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...